Certificação Infobrasil

Capacitação

certificacao-infobrO I3D prover certificação de capacitação profissional na área de Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC, mediante a aplicação de provas de conhecimento e proficiência, articulando a inserção dos certificados no mercado de trabalho.

Realizada com o apoio da Secretaria de Educação do Estado do Ceará SEDUC e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) da Prefeitura de Fortaleza, a CERTIFICAÇÃO INFOBRASIL, foi promovida no período de 2010 a 2012, com uma programação focada para atender os estudantes de nível médio que visitam a Feira de Tecnologia em caravanas organizadas pelas escolas.

A iniciativa já reuniu cerca de 2 mil alunos, egressos do Programa e-Jovem e dos cursos profissionalizantes, que participam durante o evento de uma prova de conhecimento e do ciclo de palestras sobre temas de interesse: economia criativa, oportunidades profissionais, tendências e novas tecnologias. Os 100 melhores classificados são direcionados ao mercado de trabalho.

A certificação consiste na aplicação de uma prova objetiva de acordo com a área de interesse do aluno (web design, programação e suporte em hardware/redes). Para isso, é instalado um laboratório com 40 computadores em rede, sendo agendada uma turma a cada hora. O banco de questões usa a tecnologia da Wilivro.

O programa objetiva selecionar até 100 alunos cearenses assumindo o compromisso de identificar oportunidades para que os certificados conquistem o primeiro emprego; tenham acesso a uma incubadora para desenvolver pesquisas e softwares ou despertem o seu interesse para ser um empreendedor individual. Essa ação contou com apoio da ABRH, Sine/IDT, CIEE, que participam do ciclo de palestras abordando o tema Inclusão Digital e Mercado de Trabalho.

SUCESSO DO PROGRAMA

Na primeira edição o projeto beneficiou 89 jovens egressos do Programa  e-Jovem mediante encaminhamento ao emprego. Eles foram selecionados entre seiscentos alunos participantes da prova realizada durante a Feira e Congresso InfoBrasil TI & Telecom 2010, que avaliou a proficiência dos alunos em suporte, web designer e programação. Em 2011, foram avaliados 950 jovens, dos quas 219 receberam aprovação. A proposta do projeto é oferecer o apoio para que os 100 melhores alunos sejam encaminhados para o mercado de trabalho.

“O nosso compromisso ao aplicar uma prova rigorosa é garantir ao mercado a capacidade do jovem certificado. O projeto piloto de certificação foi desenvolvido em parceria com a Secretaria de Educação do Estado do Ceará – SEDUC, com o apoio dos técnicos Julio Cavalcante e Karine Pinheiro  e da Wilivro, representado pela consultora Zaira Siqueira”.

—Marluce Aires, Presidente do I3D.

“A iniciativa visa selecionar e certificar na área de TI alunos participantes do “Programa e-Jovem” e egressos do ensino profissional, ofertando-os novas oportunidades para a conquista do primeiro emprego, acesso a uma incubadora de pesquisa ou estimulando o jovem a empreender um novo negócio, mediante iniciativa privada ou cooperada, garantindo, assim, encaminhamento imediato para os aprovados ao mercado de trabalho nas área de webdesign, programação e suporte em hardware/redes”.

—Mauricio Maia Holanda, secretário adjunto de Educação

“O programa de CERTIFICAÇÃO INFOBRASIL, inclui uma avaliação pré-exame de proficiência de um conjunto de competências e habilidades, saberes e conhecimentos: da formação geral (conhecimento científico), da formação profissional (conhecimento técnico) e da experiência de trabalho social (qualificação tácitas) em TI, nas áreas especificas de webdesign, programação e suporte em hardware/rede”.

—Zaira Siqueira, coordenadora pedagógica da Certificação.

“As questões são elaboradas usando uma linguagem clara, acessível e dinâmica, facilitando o raciocínio lógico dos participantes. A prova de certificação é feita usando a plataforma de ensino WILIVRO, empresa especializada em desenvolvimento de projetos educativos. A nota mínima de aprovação será de 70% de acertos. O participante terá uma hora para resolução de 20 questões do banco de itens específicos nas áreas de Webdesign, Programação e Hardware/Rede”.

—Karine Pinheiro e Julio Cavalcante, coordenadores do Projeto na SEDUC.

Google+